quarta-feira, 17 de outubro de 2007

- Pára de esculhambar!
- Se mata.

Nenhum comentário: