sexta-feira, 15 de junho de 2007

Saudade

Exclusivo da língua de Camões.

5 comentários:

marazul disse...

que a Cesaria Evora retrata como ninguem a palavra saudade, nas suas musicas

Rynaldo Papoy disse...

Não é verdade. Esta é uma lenda comum, dizer que só existe "saudade" em português.

Veja aqui, "saudade" traduzida em 40 idiomas:

http://www.logosdictionary.org/pls/dictionary/new_dictionary.gdic.st?phrase_code=4345076

diovvani mendonça disse...

ACHEI AQUI

Algumas pérolas em cinco palavras.

AbraçoDasMontanhas.

Zé Ninguém disse...

Rynaldo, dizer que se se portar bem quando morrer vai para o céu. também é uma lenda comum :)))

Repare que nostalgia não é saudade.

nostalgia é sinónimo de saudade

Veja onde aparece saudade, Galícia inclusive, o Português deriva do Galaico-português - Soidade é a mesma palavra que Saudade mas dita em galego (Galiza faz fronteira,em espanha, com o norte de Portugal)

Não me admira, no quadro da espantosa e transmundial empresa do Portugal dos anos de 500, que a palavra exista, em algum dos milhões de dialectos e variações linguísticas que existem no planeta, mas será influência de relevante influência histórica, fruto de contacto com falantes Lusos, da língua de Camões.

Nesta nova conquista, da literatura, da poesia,da música, do ciberespaço só a enormíssima qualidade de produção oriunda do Brasil permite a manutenção do português como língua de importâcia capital. O Brasil foi um fabuloso depositário desse património cultural indiviso.

Rynaldo Papoy disse...

Sou brasileiro e não desisto nunca: lenda moderna.